Quais documentos preciso para fazer o Imposto de Renda?

Para fazer a declaração de imposto de renda é preciso apresentar todos os documentos solicitados pelo seu contador, para que a declaração seja preenchida corretamente e a sua declaração não caia na malha fina. 

  1. Documentos Pessoais como RG ou CNH, título de eleitor, comprovante de endereço;
  2. CPF do cônjuge;
  3. Informe de Rendimentos (empregador fornece);
  4. Documentos dos dependentes com CPF;
  5. Informe de rendimentos dos bancos;
  6. Notas de corretagem das operações em bolsa de valores e controle mensal;
  7. Comprovantes de despesas médicas seus e de seus dependentes;
  8. Extratos de gastos com mensalidades escolares (fornecido pela instituição);
  9. Documento da previdência privada;
  10. Extrato de plano de saúde;
  11. Documentos de Veículo e imóveis;
  12. Caso recolha mensalmente imposto de renda na modalidade carnê-leão, apresenta-o;
  13. Decisão judicial de ganhos de indenizações;
  14. Decisão judicial de pagamento de pensão alimentícia.

Modalidade de Declaração: Simplificada ou Completa, qual a melhor escolha?

No modelo de declaração simplificada, leva-se em consideração o desconto padrão de 20% em relação aos rendimentos tributáveis, em palavras mais simples, a receita entende que você tenha um gasto mínimo de 20% com despesas básicas. Aqui, não é preciso apresentar comprovantes de despesas dedutíveis, porém limitado a R $16.754,34.

Como funciona o cálculo: 

(=) Rendimento Bruto AnualR$ 37.549,10
Desconto Simplificado (20%)(R$ 7.509,82)
(=) Base de cálculoR$ 30.039,28
(%) Alíquota 7,5% (conforme tabela anual)R$ 2.252,95
(-) Parcela dedutível (conforme tabela anual)(R$ 1.713,58)
(=) Imposto a ser pagoR$ 539,37
(-) Imposto Recolhido durante o ano(R$ 479,05)
(=) Imposto de renda à pagar/ restituirR$ 60,32 à pagar

Conforme demonstrado no cálculo acima, o contribuinte recolheu menos imposto de renda do que deveria no modo simplificado. Isso significa que na declaração de ajuste anual ele irá recolher a diferença do imposto de renda através da Darf, que será entregue juntamente com a declaração e recibo. 

Na modalidade completa, você deve apresentar os comprovantes de despesas dedutíveis, aquelas mencionadas no início deste artigo, que seguem algumas limitações:

Despesas com instrução: R$ 3.561,50

Despesas por dependentes: R$ 2.275,08

Previdência Privada PGBL: 12% sobre os rendimentos tributáveis.

Empregador doméstico R$ 1.200,32 (sobre o INSS patronal recolhido).

Para fazer a declaração de IRPF 2021 basta seguir os seguintes passos:

1 –  Reúna de forma organizada toda documentação mencionada neste artigo para iniciar o preenchimento da declaração de ajuste anual. Seguindo o roteiro com os documentos em mãos, terá menos probabilidade da receita lhe cobrar explicações. 

2- Baixe o programa do IRPF 2021, disponível no site da Receita Federal  ou baixe o APP. Com base nos documentos em mãos você começa preenchendo ou importar dados dos anos anteriores. Além disso, a Receita Federal disponibiliza a declaração pré-preenchida utilizando o certificado digital do contribuinte. 

3-  Com base no manual do IRPF 2021, você vai preencher os dados como vai pedindo na declaração em seus respectivos campos. Vale lembrar, que a maior parte dos casos em que a declaração cai na malha fina é por falha no preenchimento da declaração.

4- Análise qual modalidade de declaração é mais vantajosa para você, caso a completa seja melhor, não esqueça que precisará dos comprovantes para verificação da receita, por isso ter a documentação organizada facilita sua vida.

5- Declaração preenchida é o momento de conferir se os dados estão corretos e a modalidade de declaração é a melhor opção para você. Se tudo estiver ok, hora de transmitir. 

Particularidade do IRPF 2021

O contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis em 2020 superior a  R$22.847,76, sem contar o auxílio emergencial, deve declarar imposto de renda em 2021. Isso se estende aos dependentes declarados. Caso tenham recebido valores superiores, terão que devolver o auxílio emergencial por intermédio da Darf, gerada após a entrega da declaração. 

Caso tenha ficado com alguma dúvida ou gostaria que nossos contadores montassem a sua declaração, entre em contato. Estamos aqui para simplificar sua vida e deixar tudo redondinho com o leão.

Compartilhar esta matéria

Share on facebook
Share on google
Share on email
Share on whatsapp